skip to Main Content
11 3284-6672 contato@drricardoteixeira.com.br

Hérnia de Disco Cervical

Os discos intervertebrais se situam entre as vértebras e têm o papel de amortecimento e estabilização da coluna vertebral. Em contrapartida, a hérnia de disco cervical se refere à saída do conteúdo deste disco do seu local de origem, processo também chamado de extrusão discal.

Dessa forma, é possível que as hérnias de disco cervicais comprimam as estruturas neurológicas ao seu redor.

Hérnia de Disco Cervical | Dr. Ricardo Teixeira
Figura 1: Hérnia de Disco Cervical | Dr Ricardo Teixeira

Quais as principais causas?

A causa das hérnias de disco cervicais é multifatorial, ou seja, é comum encontrarmos mais de um fator de risco. Os principais fatores associados são:

  • Má postura
  • Tabagismo
  • Fatores Genéticos
  • Sobrecarga / peso
  • Traumas

Quais os principais sintomas?

Os sintomas são particulares a cada indivíduo e são determinados pela localização e volume da hérnia de disco. Assim sendo, podemos ter 3 principais grupos de sintomas: radiculopatia, mielopatia e dor axial.

Radiculopatia

A radiculopatia se refere a compressão das raízes nervosas (nervos) que saem da coluna cervical em direção aos membros superiores. Portanto, o paciente pode sentir uma dor na nuca irradiando por todo seu braço e até sua mão (cervicobraquialgia). Também pode sentir formigamento, perda de força, choques e diminuição da sensibilidade nestas regiões.

Mielopatia

A mielopatia consiste na lesão da medula espinhal por uma hérnia de disco. Uma vez que é nessa região que se dá a conexão neurológica entre o crânio e o restante do corpo podemos ter sintomas globais.

Os pacientes com mielopatia podem apresentar dor, fraqueza e alteração de sensibilidade nos quatro membros e também no tronco. Além disso, é possível observar alterações de equilíbrio, reflexos patológicos e alterações esfincterianas.

Dor axial

A própria lesão e a degeneração do disco intervertebral já são fontes de dor cervical. Além disso, a perda da capacidade de amortecimento e estabilização da coluna pela lesão do disco intervertebral sobrecarregam as articulações vertebrais e predispõem a lesões musculares e ligamentares da coluna cervical.

Sintomas Hernia de Disco Cervical | Dr. Ricardo Teixeira
Figura 2: Principais sintomas da Hérnia de Disco Cervical – Dr Ricardo Teixeira

Qual o melhor tratamento da hérnia de disco cervical?

O tratamento das hérnias cervicais depende da condição clínica de cada paciente. Os pacientes com sintomas leves, recentes e sem perda de força são melhor tratados de forma clínica. O tratamento clínico consiste principalmente em fisioterapia, RPG, medicações e acupuntura.

Os pacientes com sintomas refratários ao tratamento clínico, dor de intensidade muito alta ou perda de força são fortes candidatos ao tratamento cirúrgico. As principais técnicas cirúrgicas são as infiltrações, descompressões minimamente invasivas e as cirurgias de substituição do disco intervertebral por um material cirúrgico (cage de disco ou prótese de disco).

O tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um especialista em coluna.

Fonte:
Universidade da Flórida (https://neurosurgery.ufl.edu)
Sociedade Brasileira de Coluna (http://portalsbc.org)
AO SPINE (https://aospine.aofoundation.org)

FAQ

Quando operar a hérnia de disco cervical?

As indicações para cirurgia de hérnia de disco cervical são déficit neurológico, perda de força nos membros, lesão da raiz nervosa, lesão medular e dor refratária com falha do tratamento clínico

Quais os riscos de uma cirurgia de hérnia de disco cervical?

A cirurgia de hérnia de disco cervical é bastante segura com índice de complicação abaixo de 3%. Os principais riscos associados são as complicações anestésicas, perda sanguínea, alterações neurológicas (motoras e sensitivas) e infecção.

Qual o melhor exercício para hérnia de disco cervical?

Após a avaliação especializada, quando possível, é iniciada fisioterapia objetivando fortalecimento e alongamento dos paravertebrais cervicais, liberação miofascial e terapias anti-inflamatórias (TENS e ultrasson, por exemplo).

Quando a hérnia de disco cervical é grave?

A maior gravidade da hérnia de disco cervical é quando ela gera danos neurológicos permanentes, como perda de força nos braços e pernas, perda da sensibilidade tátil, dor limitante, perda de equilíbrio e perda do controle urinário e intestinal.

Este artigo tem 10 comentários

  1. Tive um acidente de carro em que fui abalroado por um veículo pesado e onde o meu carro foi projetado e como resultado disso fiquei com os processos espinhoso da C6 e da C7 completamente partidos em pedacinhos, fiquei com a medula cheia de sangue pisado e com a D1 ligeiramente lascada, duas costela partidas e fiquei ligeiramente com menos força na mão esquerda. Será que os processos espinhoso alguma vez vão – se ligar como se não tivessem sido partidos, tendo em conta que de acordo com o neuro cirurgião que me acompanha, uma parte de um processo espinhoso saiu do lugar e está cravado nas costas.

    1. Olá, obrigaddo pelo contato.
      Para dar um parecer é necessário avaliar os exames e sua condição clínica.

      Atenciosamente, Dr Ricardo Teixeira
      Atendemos em São Paulo presencialmente ou por TELECONSULTA

  2. Dr.Ja daz mais de 5 anos que fui diagnosticada com e hérnias de disco ba cervical, desde então já fiz tratamentos como fisioterapia, acupuntura e vivo tomando analgésicos e anti-inflamatórios as vezes passam as dores mas depois de um tempo as dores voltam.Todis os médicos qye fui disseram que possibilidade de uma cirurgia está muito longe mas não suporto mais viver com essas dores uma infiltração melhoraria?

    1. Olá, Rosana, obrigado pelo contato.

      A infiltração é uma opção em casos de dores cervicais e dores por hérnias de disco. Para se ter certeza a esse respeito, o ideal é que você passe por uma avaliação médica detalhada e que exames recentes sejam avaliados.

      Atenciosamente, Dr Ricardo Teixeira
      Atendemos em São Paulo presencialmente ou por TELECONSULTA

    2. Apresentei recentemente, dores fortes nas costas, irradiando para cervical. Hj me apresento com dores constantes para cervical e braço. Já fiz a ressonância.
      Atinge o nervo e a dor vai para o braço.
      O que pode fazer???

      1. Os tratamentos mais indicados nestes casos são o tratamento clínico com medicações e fisioterapia e em alguns casos específicos, a cirurgia.

        Uma avaliação detalhada permite a melhor escolha de contuda.

        Atenciosamente, Dr Ricardo Teixeira

  3. Já fiz 2 cirurgias na coluna cervical não resolveu é sim tenho piorado muito vou faser um bloqueio cervical agora no dia 22/03/2022 tenho medo de não dar resultado pois já foram 2 cirurgias de artrodese cervical e só piorou estou com mais 4 ernias de disco na cervical e 3 etnias de disco na lombar em menos de 8 meses de cirurgia tenho medo de ter alguma deficiência no futuro por calsa da coluna tenho 48 anos e muita insegurança quais os danos posso ter com todos estes problemas

    1. Necilda, espero que melhore com o tratamento.
      Para avaliar o prognóstico é necessário entender o estado atual da coluna da senhora.
      É fundamental um exame clínico detalhado e exames direcionados.

      Att

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top
×Close search
Pesquisar