skip to Main Content
11 3284-6672 contato@drricardoteixeira.com.br

Cifose Torácica

O que é a hipercifose torácica ou corcunda?

A nossa coluna vertebral quando analisada de frente deve ser reta. Entretanto, quando olhamos nossa coluna no perfil, ela apresenta algumas curvaturas fisiológicas. As curvaturas normais do nosso corpo são a cifose torácica e as lordoses da coluna cervical e da coluna lombar (Figura 1).

Cifose Torácica | Dr. Ricardo Teixeira
Figura 1 – Coluna Normal

É importante salientar que não existe um valor de normalidade e sim uma faixa de normalidade. Desse modo, esperamos que o valor da cifose torácica se situe entre 10 e 40 graus.  Assim, nos casos em que encontramos uma cifose além de 40 graus, estaremos frente a um caso de hipercifose ou de cifose excessiva.

A hipercifose se apresenta clinicamente como um aumento da curvatura torácica, conhecida em nosso meio como corcunda. (Figura 2)

Cifose Torácica | Dr. Ricardo Teixeira
Figura 2 – Coluna normal e com aumento de cifose (hipercifose)

Qual a causa do aumento da cifose torácica?

As causas do aumento da cifose são diversas e devem ser investigadas. Existem os casos genéticos, denominados de cifose familiar e outros sem uma causa bem definida, como os da Cifose de Scheuermann. Também é possível que ela ocorra em razão de fraturas, lesões neurológicas, traumas, infecções e malformações, sendo felizmente casos mais raros.

Também deve-se diferenciar os casos em que há uma postura inadequada (má postura) dos casos com deformidade rígida. Os ombros protraídos também regularmente são confundidos com aumento da cifose torácica.

Como é feito o diagnóstico do aumento da cifose torácica?

De forma geral, o diagnóstico é feito com uma história clínica e familiar detalhadas, exame físico minucioso e uma radiografia panorâmica da coluna. Porém, caso seja suspeitado de uma outra patologia, complementa-se a investigação com ressonância magnética e tomografia computadorizada da coluna.

Como é realizado o tratamento da hipercifose torácica?

O primeiro passo no tratamento é definir se a cifose é flexível ou rígida. Nos casos de cifose flexível ou de hipercifose de baixo valor angular, o tratamento escolhido é o tratamento clínico. O tratamento clínico se baseia na fisioterapia, RPG e mudanças comportamentais específicas para cada situação.

Caso a hipercifose seja de alto valor angular ou progressiva, existem técnicas de correção cirúrgica que podem ser empregadas na falha do tratamento clínico.

Cifose Torácica | Dr. Ricardo Teixeira
Figura 3 – Correção cirúrgica da hipercifose

O tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um especialista em coluna.

Fonte:
Universidade de Stanford – Cuidados em saúde (https://www.stanfordhealthcare.org)
Sociedade Brasileira de Coluna (http://portalsbc.org)
SRS – Scoliosis Research Society (https://www.srs.org)

Back To Top
×Close search
Pesquisar