skip to Main Content
11 3284-6672 contato@drricardoteixeira.com.br

Lordose lombar

O que é?

A lordose lombar se refere à curvatura anterior da coluna lombar, localizada no seguimento inferior do nosso tronco. Desse modo, a lordose é normal e esperada em todos os indivíduos. Por outro lado, o aumento desta curvatura é chamado de hiperlordose e sua diminuição, de hipolordose ou retificação da coluna lombar.

Lordose Lombar | Dr. Ricardo Teixeira

Não existe um valor exato de normalidade, mas sim uma variação esperada para a lordose lombar. Para a maioria dos indivíduos, este valor se situa entre 35 e 70 graus. Valores acima desta angulação são chamados de hiperlordose lombar e os abaixo, de hipolordose ou retificação lombar.

Lordose lombar normal e suas alterações | Dr. Ricardo Teixeira

Quais os sintomas e complicações do aumento ou diminuição da lordose lombar?

Como é realizado o diagnóstico da lordose lombar?

A principal suspeita é realizada pela avaliação clínica. No entanto, a confirmação é realizada através de exames de imagem. Nesse sentido, o melhor exame para se mensurar a angulação da coluna é a radiografia panorâmica da coluna em pé.

Os exames de tomografia e ressonância da coluna são relevantes para avaliação das causas da lordose aumentada e para programação cirúrgica.

Quais os tratamentos para a hiperlordose?

O paciente deve ser avaliado como um todo, isto quer dizer, devemos avaliar a relação da lordose lombar e o restante do organismo.

Alterações do equilíbrio global, deformidades do joelho e quadril, cifose torácica, sequelas de fraturas e infecções da coluna são alguns exemplos que devem ser lembrados e tratados de forma específica.

Habitualmente, as principais formas de tratamento são:

  • Otimização postural
  • Fortalecimento da musculatura paravertebral
  • Coletes/Órteses
  • Cirurgias de estabilização vertebral
  • Cirurgias de realinhamento vertebral

O tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um especialista em coluna.

Fonte:
Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (https://sbot.org.br)
Sociedade Brasileira de Coluna (http://portalsbc.org)
AO SPINE (aospine.aofoundation.org)

Back To Top
×Close search
Pesquisar