skip to Main Content
11 3284-6672 contato@drricardoteixeira.com.br

Dor Ciática – Ciatalgia

O que é a ciatalgia ou dor ciática?

A dor ciática, também chamada de ciatalgia, é um sintoma decorrente de uma patologia do nervo ciático. Dessa maneira, o paciente se queixa de dor na região lombar que irradia para o membro inferior, no trajeto do nervo ciático, e em casos mais graves perda de força nos membros inferiores. Também é possível que o paciente sinta alterações de sensibilidade, formigamentos e perda de força membros inferiores.

O nervo ciático é formado pela união das raízes nervosas da coluna lombar e desce para o membro inferior, sendo o maior nervo do nosso corpo podendo chegar a 2 cm de diâmetro. A saber, o nervo ciático passa pela região glútea e se direciona para a coxa, perna e pé pela região posterior sendo estes os locais de maior sintomatologia.

É importante frisar que nem toda dor lombar que irradia para os membros inferiores é por dor ciática, por isso a avaliação médica é importante! A dor ciática é agravada em geral com a inclinação ou rotação do tronco, ao pegar peso e em alguns casos ao tossir e espirrar.

Dor Ciática | Dr. Ricardo Teixeira
Figura 1: Trajeto do nervo ciático e sua formação a partir das raízes nervosas lombares

O que causa a dor ciática?

Qualquer condição que comprima ou inflame o nervo ciático em seu trajeto tem o potencial de desencadear a dor ciática. As principais causas de ciatalgia são:

Dor Ciática | Dr. Ricardo Teixeira
Figura 2: Hérnia de disco lombar – a principal causa de dor ciática

Como diagnosticar a sua causa?

A história clínica e o exame físico realizados de forma adequada pelo médico são fundamentais para se fechar o diagnóstico. Após a avaliação inicial, o médico pode solicitar exames para confirmar sua suspeita clínica, são eles:

  • Radiografia
  • Tomografia Computadorizada
  • Ressonância magnética
  • Eletroneuromiografia (avalia o funcionamento dos nervos)
  • Exames de sangue implicados com a saúde do nervo

Como tratar a dor ciática?

O sucesso do tratamento depende do correto diagnóstico e de medidas específicas direcionadas a cada causa. Em resumo, a maioria dos pacientes melhora após 6 a 8 semanas com o tratamento adequado. O tratamento geral consiste em:

  • Fortalecimento da musculatura do CORE
  • Melhora postural em casa e no trabalho
  • Alongamentos
  • Evitar longos períodos sentado
  • Fisioterapia
  • Perda de peso
  • Evitar a sobrecarga da coluna lombar
  • Medicações (antiinflamatórios, analgésicos, relaxantes musculares, medicamentos para dor crônica, dentre outros)
  • Suplementação de vitaminas e eletrólitos responsáveis pela saúde do nervo ciático
  • Em casos específicos e na falha do tratamento podem ser indicados procedimentos cirúrgicos.

Devo me preocupar com a dor ciática?

A maioria dos casos apresentará melhora com o tratamento clínico adequado. No entanto, algumas condições devem ser avaliadas com urgência em razão da possibilidade de sequelas permanentes no nervo ciático ou abordagem cirúrgica. São sinais e sintomas de alarme associados à dor ciática:

  • Perda de força nos membros inferiores
  • Perda de peso
  • Aparecimento da dor ciática após algum trauma
  • Febre
  • Histórico de câncer
  • Perda do controle intestinal ou urinário
  • Dor refratária ao tratamento clínico

O tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um especialista em coluna.

Fonte:
Sociedade Brasileira de Coluna (http://portalsbc.org)
Academia americana de ortopedistas (https://orthoinfo.aaos.org)
Mayo Clinic (https://www.mayoclinic.org)

FAQ

1. Como prevenir a dor ciática?

A prevenção da dor ciática é feita através do fortalecimento da musculatura do tronco (CORE), postura adequada, evitar sobrepeso e sobrecarga excessiva, alongamentos, evitar tabagismo (acelera desidratação discal) e traumas na coluna. Colchões e assentos adequados.

2. Quais os sintomas do nervo ciático inflamado?

Dores, formigamentos, choques ou alterações de sensibilidade que se iniciam na região lombar e seguem para os membros inferiores. Dor para andar, fletir e girar o tronco. Casos mais graves geram perda de força nos membros inferiores e até mesmo perda do controle intestinal e urinário.

Este artigo tem 13 comentários

  1. Bom dia dr.Sou diabético e tomo comprimidos,tomei uma sequência de 2 injeções,falta 1 pra finalizar o tratamento, de uma semana,farmacêutico,+infralax ,a cada 8hs,durmo algumas hs, porém acordo com dor , banho a perna com água quente e me alivia um pouco ,terei êxito nesse procedimento,desde já agradeço

    1. Vagner, nem todas as dores no ciático são por hérnia.
      O passo inicial é definir a causa. Nos casos de hérnia de disco e ciática, a cirurgia ajuda muito.

  2. Gostei muito do artigo sobre nervo ciático, atualmente estou sofrendo com dor na lombar que irradia para o membro inferior do lado direito.
    Suas informações foram essenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Pesquisar
plugins premium WordPress